HomeLeft Sidebar Example

A OET - Ordem dos Engenheiros Técnicos, em a colaboração com a OBO Bettermann, promove um Webinar que abordará o conceito de proteção isolada para cumprimento das distâncias de segurança, entre elementos captores ou de derivação e os equipamentos elétricos colocados nas proximidades.Caro colega, fique a saber mais sobre: sistemas de proteção isolada contra raios e como garantir as distâncias de segurança requeridas. Agenda do Webinar:Distâncias de segurança;Derivações isoladas por distância;Derivações com condutor isolado;Captação isolada por distância;Captores de construção isolada;Inspeção de sistemas de proteção isolada. Inscreva-se antecipadamente para esta reunião: https://us06web.zoom.us/meeting/register/tZcpdeCgpjwqHtP7n5nX5OdFvfan4TuDKC0z

Formação para Engenheiros – Projeto e Instalação ITED Atualização Objetivos Adequar os conhecimentos dos projetistas e instaladores ITED às exigências técnicas introduzidas pelo Manual ITED, bem como aprofundar os conhecimentos nos novos serviços associados às ITED. Conteúdos Enquadramento jurídico e normativo das ITED – Alterações; Dispositivos, equipamentos e materiais ITED; Dimensionamento das redes de cabos e tubagem – Alterações introduzidas pelo ITED; Dimensionamento das fronteiras das ITED; Dimensionamento de um sistema de S/MATV suportado em rede HFC; Responsabilidades e obrigações do projetista; Caso prático – Elaboração de um projeto ITED de um edifício misto com 2 ou mais fogos [Trabalho Autónomo]; Ensaios em PC, CC e FO; Procedimento de Avaliação das ITED. Informações Duração: 60 horas - OnlineData: 27 SetembroDestinatários: Projetistas/Instaladores ITED inscritos na OE ou na OET considerados por estas entidades com habilitação para o desempenho daquelas funções Inscreva-se aqui

A LIFTECH procura engenheiros (c/ e s/ experiência), para área de automação em sistema de elevação, para trabalhar na sua sede na Zona Industrial da Maia, com o seguinte perfil: Mestrado integrado na área de Automação / Eletrónica Industrial e Instrumentação, pelas universidades do Porto, de Aveiro ou do Minho.A experiência profissional (com preferência em atividades afins às da LIFTECH) será valorizada.Conhecimentos genéricos de sistemas de comando e automação, incluindo hardware e software.Apetência pelo trabalho de fábrica e de campo.Forte sentido de responsabilidade, autonomia e organização;Domínio da língua inglesa e bons conhecimentos de espanhol.Residência na zona da Maia ou Grande Porto.Disponibilidade imediata.Disponibilidade para deslocações no país e (pontualmente) no estrangeiro. Funções a desempenhar: O candidato desempenhará as funções de adjunto do Diretor Técnico, tanto nas funções de assistência pós-venda como nas funções técnicas, nomeadamente: Apoio ao fabrico e ensaio de sistemas de comando para sistemas de elevação.Apoio ao serviço de pós-venda de equipamentos de elevação.Apoio à instalação e colocação em serviço de novos equipamentos de elevação.Apoio a projetos especiais de automação. Condições de remuneração: Serão definidas em função do perfil e experiência do candidato.

É com profundo pesar que em meu nome pessoal e da Secção Regional do Norte da Ordem dos Engenheiros Técnicos, cumpro o doloroso dever de informar todos os colegas, que faleceu um grande amigo, um GRANDISSIMO ENGENHEIRO TÉCNICO e um Homem de lutou de forma incansável pela causa da engenharia em Portugal. O Engenheiro Técnico MANUEL ANTÓNIO SILVA MORAIS O MORAIS, exerceu diversos cargos de elevada importância e responsabilidade seja na ANET ( Associação Nacional dos Engenheiro Técnicos ) seja na OET ( Ordem dos Engenheiros Técnicos)  de onde destacamos na Secção Regional da Madeira de que foi um digno Presidente, que na qualidade de Presidente do Conselho Fiscal Nacional, da OET, cargo que ocupava atualmente. O MORAIS era um Bom Homem e um Grande Amigo, a todos os seus Familiares e Amigos em meu nome pessoal e da Secção Regional do Norte da OET endereço as mais sentidas condolências ANTÓNIO AUGUSTO SEQUEIRA CORREIA Presidente da Secção Regional do Norte da ORDEM DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS

Caro(a) colega, A secção Regional do Norte da OET, vai comemorar no próximo dia 2 de setembro o DIA NACIONAL DO ENGENHEIRO TÉCNICO, com a realização de uma videoconferência subordinada a tema; OET- QUE FUTURO QUEREMOS PARA A NOSSA ORDEM? Com efeito, penso que este é, um momento decisivo, no sentido de que todos e em conjunto, devemos deixar claro qual deve ser a orientação, as condições e as razões profissionais e académicas da existência da nossa Ordem. É condição necessária e suficiente o atual quadro de desenvolvimento das nossas competências, face aos ATOS DE ENGENHARIA que praticamos e para os quais estamos habilitados? Continua a haver discrepâncias significativas entre os Engenheiros Técnicos e os Engenheiros no atual quadro legislativo? Está a OE a subverter e condicionar os atuais licenciados de 1º ciclo, não permitindo efetivamente o acesso ao exercício da profissão destes profissionais de engenharia? Como analisas o comportamento da Ordem dos Engenheiros face à OET ao longo dos anos, nomeadamente, no que se refere ao constante bloqueio da nossa participação nos diferentes órgãos, nomeadamente o CNOP? Há razões efetivas para a existência de duas ordens num país como o nosso? Justifica-se a existência de duas classes profissionais de engenharia (engenheiros e engenheiros técnicos), face aos atos que cada classe profissional pratica hoje? Será que podemos desde já pensar numa fusão entre as duas ordens, tal como muitos profissionais de engenharia preconizam (da OET e da OE)? No âmbito desta fusão, ou outra alternativa possível, qual ou quais as condições necessárias e indispensáveis para que sejam dados os primeiros passos nesse sentido? Qual a denominação desta nova entidade? Assim, proponho que todos façamos uma primeira reflexão, sobre este tema e outros que os colegas entendam debater, para o que junto links de acesso a alguns documentos que pretendem dar uma primeira informação sobre este tema. "A guerra dos 40 anos" - Augusto

O Curso de Projeto de Central Fotovoltaica tem como objetivo a capacitação dos formandos para o desenho e implementação de projetos, pelo que tem duas componentes primordiais: teórica e prática, destacando-se o trabalho orientado em regime de tutoria na fase de elaboração do projeto. No que se refere às temáticas constantes do programa serão desenvolvidas na ótica do mercado das energias renováveis, mais concretamente a fotovoltaica, de forma a que no final da formação cada participante consiga desenvolver e implementar projetos de forma autónoma recorrendo às ferramentas exploradas ao longo da formação.  O curso tem o valor de 1500€. Os membros da Ordem dos Engenheiros Técnicos usufruem de um desconto de 10% sobre o valor.  Em termos de calendarização o curso decorrerá ao longo de 6 semanas: 7 de setembro a 16 de outubro de 2021 em horário pós- laboral e ao sábado de manhã, sendo que engloba 3 sábados completos a combinar com o grupo e com os formadores responsáveis pelos conteúdos a desenvolver, bem como a tutoria para desenvolvimento do projeto.

A Jaspinto está a admitir para os quadros um Engenheiro Civil, com ou sem experiência. Local de trabalho – Grande Porto, com várias obras em curso na região. Contacto para marcação de entrevista – Tel: 224210406

Jaspinto Comércio e Serviços Unipessoal, Lda. pretende admitir um Engenheiro/ Engenheiro Técnico Eletrotécnico (m/f)Com conhecimentos de Instalações elétricas, para acompanhamento e gestão de contrato no âmbito de subempreitadas de Instalações elétricas e telecomunicações em Construção de Edifícios, na Área Metropolitana do Porto. Descrição de Funções: Gestão de equipas técnicas, e acompanhamento das obrasGestão de Contratos de Subempreitada, em obras de construção CivilControlo e Gestão de orçamentos de empreitada Perfil Pretendido Formação Superior em Engenharia eletrotécnica, na área de Sistemas elétricos de energiaGosto pelo trabalho em equipaDomínio das ferramentas do Microsoft OfficeConhecimentos de CADElevada capacidade de trabalho, orientação para o cumprimento de objetivos e prazosSerão valorizadas competências tais como, planeamento, organização, iniciativa e dinamismo.Disponibilidade imediata (preferencial) As candidaturas deverão ser enviadas para geral@jaspinto.pt, acompanhadas dos respetivos curriculum vitae.